domingo, 22 de dezembro de 2013

10 meses 45 kg off!

Agora de férias quem sabe eu poste mais. Chega um momento que eliminar 1 grama é um desafio enorme. Ainda mais na época de maior comilança do ano. Tento equilibrar mas ás vezes cometo uma exageradinha. O corpo reclama e muito! Aí vem os dias regados a salada, fruta e muita água de golinho!

Esses dias fui á festa de confraternização da empresa:

E eu fui com esse macaquinho por que eu simplesmente queria me sentir mais á vontade. Não curto me expor. E tinha até gente magrela com macaquinho, rs então nem me senti tão deslocada.

Essa é minha roupa para o natal:





Por hoje é só.

Beijos e Feliz 2014 para todos!

domingo, 3 de novembro de 2013

8 meses, 42 kgs off

Aqui estou eu outra vez. Comecei a trabalhar e meu projeto salada deu uma dançada básica...Mas tenho comido o melhor possível e corrido muuuito. Nenhum plano de saúde aceita uma pós operada. Isso está osso. Agora que eu mais preciso nem pela empresa eles me aceitam.
Bem só para dizer que num tem foto, segue uma que tirei provando um maiô para quem tem coxas, assim muuuito flácidas.


 Post curtinho pra dizer que tô viva!

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Projetos novos - Organizando a Dieta e a geladeira

Como eu falei no post anterior eu dei umas derrapadas na dieta, aí mestruei achei que tinha engordado 2kgs, desesperei mas era só o inchaço, retenção de líquido mesmo. MAS se eu tivesse com a dieta em ordem eu não ia encanar tanto né?

 Eu não consigo lembrar em que site eu vi o link para  a receita. Só sei que o blog com a postagem original é o SCHÜTTECORPOESAÚDE   a postagem é essa aqui ó.
A idéia é ter a salada pronta a qualquer momento em qualquer lugar, assim não tem desculpa para comer outra coisa. Olha que imagem linda:



Pesquisando cheguei até o site My Tiny Little Life (em inglês) com uma ordem e uma infinidade de saladas.

 O meu ficou assim ó:



Cada pote tem uma combinação diferente: Usei alface, cenoura ralada, pimentão,tomate, vagem cozida, milho,brócolis e couve flor.  Na hora de comer é só virar o pote sobre o prato, mexer bem e ser feliz! 
Pelo que diz o site tem validade de dois dias. Como fiz hoje ainda não sei se ficará bom por esse tempo. Este pote dá uma salada para mim, meu esposo e nossas 2 meninas.
Se for para um gastroplastizado creio que o ideal é usar aqueles potinhos de maionese pequeno.

Daí que eu me animei e fiz também salada de fruta:


A ideia agora é me organizar e ter sempre pratos saudáveis prontos e não furar  a dieta por preguiça, oportunismo gordo etc.
E aí qual sua dica para se manter na linha?


terça-feira, 17 de setembro de 2013

7 meses - 38 kilos off

Desculpa a demora em postar mas a verdade é que o tempo sumiu! Voltei ás aulas e começou toda a correria novamente.
O que dizem sobre os 6 meses que dá a louca na gente, é verdade. Nunca senti fome mas a vontade e disposição para comer é realmente perturbadora. Ou eu me controlo ou nada de eliminar kilinhos.
Eu quero muuuito mesmo fazer academia mas o compromisso financeiro ainda não está garantido.
 Eliminei 2 kilinhos desde a última postagem! Mas mestruei e inchei horrores, estou com problemas com o siso ( pericoronarite) e eu acabei "engordando " 2 kilos na semana passada. O meu cérebro fritou, me senti um lixo, uma fracassada. Aí a mestruação passou e voltei para os 82 kilos!

Como o que o povo quer é foto de antes e depois:






E aí como estou indo?

domingo, 4 de agosto de 2013

Platô de 30 dias , 36 Kg off! Obesidade nunca mais!

Voltando aqui depois de mais de um mês. Completei 5 meses de cirurgia com uma realidade terrível:
O platô.


Platô é quando seu corpinho operado ou não acha que você está emagrecendo demais ele entende como uma agressão ao corpo e então se defende emperrando a eliminação de peso.
O meu durou 30 dias e posso dizer: Dá um grande desespero. Eu me senti mal, triste, desestimulada.

 E com certeza a carta do Mago me disse muito: Pense e direcione essa energia mulher!

Acabei refletindo sobre a comida. Eu passei a beber mais água, controlar mais a dieta. Por que agora estou tendo a necessidade de comer um tiquinho  a mais. Eu andei passando mal(sobre esse assunto só postarei depois do resultado dos exames que fiz, devem ficar prontos na semana que vem) e minha ideia de começar a academia meio que foi bloqueada pela família.
Finalmente hoje a coisa foi diferente e  agora mais 2 kgs foram eliminados.Um baita alívio. Daqui para frente é mais difícil eliminar então terei de ser mais paciente!

Muito feliz!!!!O melhor? Venci a danada da obesidade. Agora estou acima do peso, ainda faltam 12 kg para meta do médico e 14 para a minha, mas a alegria de sair de IMC 42,2 obesidade grau III para IMC 29,41 é muita alegria. É a certeza que minha cirurgia foi bem sucedida, que estou no caminho certo.
Sei que esse platô me ensinou que a o caminho a percorrer é longo e que cada passo me ensinará algo novo. O Mago veio e me mostrou que tenho de percorrer o caminho. Com foco e atenção a tudo que boto aqui nesse estomaguinho!

Beijos e logo mais tem projetinho aqui no blog!

domingo, 30 de junho de 2013

O que eu como? Queda de cabelo e consulta pós cirurgia

Minha dieta

Vou colocar aqui o que eu comi ontem:

Café da Manhã

8:00
2 bolachas de água e sal
100 ml de café com leite desnatado (adoçado com Línea)

10:30
1 copo de suco de milho (fui na feira ontem)

13:30
3 colheres de  legumes(cenoura, brócolis, couve flor, acelga e repolho) no vapor salteado no Shoyu
Ensopado de merluza

14:30
1 ameixa

16:30

1 xic. café com leite
2 bolachas de nata

19:30
1 concha de sopa de merluza com legumes e caldo de feijão

23:00 1/2 concha de sopa
3 gomos de mixirica pokan

E esse foi um dia em que eu comi bastante. Geralmente não dá tudo isso....Mas tô tentando enxugar  o carboidrato.

Resultado? 33,250 kg off!!!


E isso:







Isso é o que cai todo dia entre lavar o cabelo e pentear.

A empresa que o marido trabalhava (e que agora tem de esperar autorização judicial para ser demitido)voltou com o plano de saúde. Devo continuar na intermédica por uns 3 ou 4 meses. Então marquei uma consulta e fui conversar o Dr. Horácio. Ele me disse que estou eliminando peso rápido para a cirurgia que eu fiz (sleeve tem uma perda mais lenta) o que não é um problema. E o corpo reclama: Queda de cabelo. Ele me receitou Pantogar e ainda me pediu um monte de exames de
sangue.
Me disse também que minha meta é ficar com 72 quilos, o que daria 48 kg off e que um prazo realista para atingir esse peso é 2 anos.
Volto com ele daqui a uns 60 dias e passo com a nutricionista daqui a um mês.

Post looongo. Logo mais volto aqui!

sábado, 22 de junho de 2013

4 meses

4 meses e  31 kgs off! Continuo a eliminar peso mas confesso que já dei umas jacadinhas: Um docinho aqui. Uns dias mais corridos e nada de salada. Até uma pizza já comi (1 pedacinho sem queijo). Mas logo o corpo reclama de um desmando(com enjoôs, dor de barriga, gases ou piriri) e voltamos a programação light normal. Tenho andado muito, mas nada das tradicionais caminhadas. Virei sacoleira de vez. Vendo semijóias, lenços, calcinhas além dos produtos de madeira da Cherry Arts. Então andar para cima e para baixo tem sido minha rotina.

As aulas do semestre acabaram e consegui manter as notas. O ataque de pânico veio mais já voltou. Estou meio deprezinha, tanta coisa caiu (ainda mais rs) nos ultimos 4 meses e é estranho estar num corpo intermediário ao que você almeja e o que já foi.

Fotinhos - Em primeiro lugar reparem na barriga: As calças jeans estão muito grandes, então só amarrando com um cintão que faz um volume indesejado na barriga.
Tem uma foto do meu bumbum. Por que eis uma pergunta que eu me fazia: Vou ficar desbundada? Não.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

Update: Troquei as fotos para mostrar a calça 48 da perdição! É uma calça comprada na Renner há uns dois meses. Tinha o numero 48 assim como uma de corte muito semelhante cinza. Pois bem quando a cinza entrou essa aí teimou em não entrar! Virou minha meta. Agora tá até um pouco folgadinha!! :)







terça-feira, 4 de junho de 2013

Tempestade

Eu já contei aqui que fiz um ano e pouquinho de terapia. Mas justamente agora que estou sem plano de saúde me volta a ansiedade e nesse sábado tive um ataque de  pânico. Vai passar, agora estou bem melhor, mas vem um medo terrível de fazer algo errado. SUS vem cá me ajudar?

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Dia ruim - 96 dias de cirurgia

Tem dia que a cirurgia simplesmente nos pega de jeito e nos faz beijar a lona. Hoje é um desses. A maior parte do tempo se policiar quanto a calorias, mastigação e horários de alimentação é suficiente. Mas tem dias em que não é o bastante. Hoje só consegui tomar o café com leite, menos de um copo. Depois lá pelas 10 eu fui comer uma pera. Mastiguei bem, devagar e sempre e o resultado foi que tive de sair correndo da aula e vomitei tudinho.
Depois no almoço, o caldo de feijão e couve foi muito difícil de segurar no estômago.

Hoje o dia está difícil!

domingo, 26 de maio de 2013

3 meses de uma Laura Sleevada

O tempo é realmente estranho. Quando estamos esperando pelo plano de saúde uma liberação para operar, esperando para ir para o pré cirúrgico, palestras e etc.,  três meses parecem uma eternidade. Você acha que nunca vai chegar.Quando você opera e se depara com 30 dias ( no meu caso menos) de dieta líquida, aquilo parece muito longo.
Aí você está operado, na dieta normal e o tempo corre solto.Um dia você acorda e já se foram
3 meses de cirurgia, é tão rápido que tomamos um choque!

Esses três meses me surpreenderam muito. Ainda estou aprendendo a comer. A manter a dieta na linha agora que estou trabalhando como vendedora autônoma e tenho de passar o dia inteiro fora, ás vezes até as 22:00, que tenho de ir a São Paulo renovar os estoques e comida de rua nem pensar!

O que faço é sair com as porções de fruta, uma mais suculenta, como pera ou maçã e outra mais seca como damascos, levo num potinho. Almoço e janto na marmitinha, sempre carrego uma garrafa d'água comigo, algumas bolachas de água e sal. Quando preciso tomo no máximo um café com leite bem clarinho, daqueles copos pequenos na faculdade, ou divido um pão de queijo com uma colega. Os outros salgados, principalmente com queijo não me fazem bem.

Se eu realmente preciso comer fora, fast food eu opto por uma esfiha aberta, é o que cabe.

Sobre o visual:

As pessoas ficam me parando e dizem o tempo todo você está tão diferente!


sexta-feira, 17 de maio de 2013

84 dias meu aniversário

O visual do blog tá simples por que o template ficou maluquinho e não dava para ler nada. Triste mas assim que eu tirar férias dou um jeitinho!

Já se foram 26 kilos, estou agora na marca dos 94 kilos. Menos entalos, muito medo de parar de perder peso(semana passada eu não perdi uma graminha sequer, essa perdi um kilo). Mas tenho de me acostumar com um ritmo mais pausado. Agora é que tenho de ter cabeça no lugar e evitar os exageros. Dia das mães e hoje, meu aniversário eu acabei comendo coisas menos indicadas, como bolo de chocolate com cobertura de chocolate meio amargo. A grande diferença é a quantidade. Meia fatia pequena me sacia que é uma beleza. Como bem pouquinho ou acabo com uma dorzinha horrível!

 É isso estou muito feliz com o sleeve, mas sei que cirurgia não é milagreira! Ou eu me cuido ou eu me cuido!

E uma foto:






A tesoura do desejo já passou por esse cabelo, mas as fotos estão hilárias, assim que eu tirar mais eu posto aqui!

Beijos !


sexta-feira, 19 de abril de 2013

Retorno ao cirurgião e nutricionista - 54 dias

  Olá povo, ando sumida por que agora que a vida voltou ao "normal" não tenho mais tanto tempo assim. Mais a semana de provas, que tive uma imensa dificuldade em estudar.

   Na quarta passada, dia 17/04 fui ao qualivida. Primeiro fui á palestra de pós-operatório. Muito bom ter contato com pessoas que operaram a mais tempo. Tinha gente operada desde 40 dias até 3 anos e meio. Quando se tem a oportunidade de conversar com pessoas em diferentes estágios percebe o quanto o psicológico tem a ver com a obesidade.
   Eu tenho tido um tanto de dificuldade em perceber que diminuí. Já se foram 20 kgs, 17,5 graças a cirurgia, agora estou com exatos 100kg. Mas com roupas folgadas, a barriga molenga fica meio difícil ver uma gordinha menos gordinha. Terei de trabalhar isso.
Em seguida passei com a nutricionista que liberou todos os alimentos, menos açucar, leite integral e gorduras e frituras.
Daqui para frente é moderação, mastigar devagar  e muita, muita calma com os quilinhos que não irão tão rápido embora.
 Logo depois passei com o cirurgião, Dr. Abraão, que me perguntou se eu tinha me arrependido da decisão. Claro que eu disse não né! Estou bem feliz com a balança, só não estou tão bem disposta quanto gostaria, muito sono. Ele me receitou Centrum e Ginko Biloba pelos próximos 90 dias. Agora é tomar tentar retomar o pique! Tirei uma foto com ele:

Eu e Dr. Abraão Albuquerque! Todo sorrisos!



Ainda teve mais. A Vivi lá do grupo do Facebook organizou doações de roupas. Quando operamos perdemos roupas e não compensa ficar comprando muito por que perderemos mais roupas. Assim consegui 3 calças, 1 bermuda e duas blusinhas de lã. As calças todas 52, ou seja já diminuí uns 2 números. Ficou mais fácil ver que emagreci!

Olha eu trabalhada na roupa que ganhei:



E aí meninas como estou ficando?

Até!

sábado, 6 de abril de 2013

43 dias de cirurgia 16 kilos perdidos - MASTIGAR É PRECISO

Já passamos uns bons dias da cirurgia. A dieta pastosa veio já se foi. Agora estou na dieta branda, logo ela também acaba e entro na dieta livre. Tenho de dizer que a dieta branda foi bem difícil. O tempo entre as refeições é maior, comemos  bem  pouco ainda e ás vezes o olho é maior que o estômago, e dói é uma luta para continuar tudo no estômago.



A  mastigação é bem importante. Eu passei uns 3 dias vomitando toda refeição que fazia. Nada parava no estômago. Parei para pensar no que estava causando isso e concluí que a causa era pouca mastigação e engulir rápido demais.
Passei a prestar mais atenção e deu supercerto. Nada mais de vômitos ou de me debater com a comida.
Fome eu ainda não sinto, na verdade há dias em que eu tenho um certo enjoô de comida,  é difícil comer pois me dá a impressão de que vou botar tudo  para fora.
Mas como a dieta é mais normal dá vontade de comer algo mais saboroso, tudo que comemos dá uma ou duas garfadas e já acaba a fome, ás vezes dá a impressão que aquilo foi um petisco não a refeição. A sensação de saciedade vem, mas é algo estranho deixar tanta comida no prato!
Amanhã  eu me peso para ver como anda a perda de peso...

Beijso e  até mais!

segunda-feira, 25 de março de 2013

30 dias 12kg off

Em 30 dias com meu novo estômago. Alguns dias eu não o tratei como merecia. Hoje mesmo comi rápido demais, enjoei e acabei botando tudo para fora.
Agora estou na dieta branda, que é quase a dieta normal, menos o grão do feijão e salada crua.Como de 3 em 3 horas, quase todo dia acabo deixando comida no prato, ou seja carbohidrato só do café e lanche da tarde.
Essa semana não andei. Choveu horrores e no fim de semana priorizei as atividades do Escola da Família, hoje acordei cedo para ir para escola terminar de fazer decoração de páscoa. Mas...liguei na academia e só me falta liberação médica e din din para eu me matricular!
Percebo que tenho muito o que me reeducar, principalmente quando estiver liberada para comer de Qtudo.
O bom é que me sinto perfeitamente recuperada, nada de dores na barriga, ou pontos não cicatrizados, estou andando bem, nem pareço operda, a não ser pelos 12Kg a menos!
Estou bem feliz! Espero que isso seja só o começo!

domingo, 17 de março de 2013

23 dias de cirurgia

A dieta pastosa é o sonho da pessoa em dieta líquida.  Algo com mais textura, mastigar alguma coisa. Até que você tem um entalo. Ontem no lanche da tarde, último pedacinho da torrada mastiguei direitinho, mas engoli muito rápido. Travou de uma forma que não descia nem subia. Uma dor horrível. Esperei um cinco minutos disfarçando para meu esposo não perceber a situação e fui tentar beber um golinho de água de coco.Não desceu e eu tive de vomitar a água de coco.Depois de uns 10 minutos me senti bem.
Agora quando vejo um pratinho dá um medo graaaaande! E tenho deixado quase sempre comida no prato.
O tempo aqui não está ajudando, chuva chata me atrapalhando as caminhadas. Ontem eu saí e fiquei 10 minutos na rua. Eu estou pensando em dançar 60 minutos de tarde e 60 a noite mas tenho um baita medo de fazer caca. Amanhã eu ligo para Dra. Irani do qualivida e pergunto se o Dr.Abraão libera.
Estou me sentindo bem, sem fraqueza, sem tontura, estou me sentindo 100%. Depois que mudei a dieta me senti normal de novo. Nada de cabeça confusa, me sinto normal.

Tão normal que decidi retomar minha rotina e retornar á faculdade uma semana antes! Estou retomando o crochê também, afinal a grana tá curtinha, curtinha!

Olha a fotinho que tirei essa semana, por favor, não reparem no bigode, preciso mesmo tirar, quem sabe nessa semana não consigo um horário?


Não vejo muita diferença ainda... Mas sinto meu corpo mais leve!
Beijos e até!

quarta-feira, 13 de março de 2013

Consulta com a nutri – 19 dias de cirurgia




Hoje foi dia de conversar com a nutricionista e como eu disse para ela “discutir a relação com a dieta.
Cheguei lá e expliquei para Dra. o que aconteceu, dei detalhes da minha rotina, da minha atividade física. Expliquei em detalhes o que aconteceu na segunda feira e da dieta que eu passei a seguir. Levei também o diário alimentar dos últimos 4 dias.

E para minha surpresa a Dra. disse que eu acertei em mudar a dieta. Que realmente pelo gasto calórico que estou tendo o corpo realmente ia sentir o baque. Adiantou em 11 dias a dieta pastosa, com refeições mais consistentes e sopa em pedaços.

No café 1 fatia de pão de forma(ou uma bisnaguinha, ou 2 bolachas água e sal ,100 ml leite com 1 colherzinha de café ou leite de soja.

Nos lanches da manhã suco de fruta(agora pode de qualquer fruta, desde que coado em peneira fina) e gelatina diet.

No almoço a sopa agora é em pedaços, posso comer um franguinho desfiado, uma carninha moída, pedacinhos de legumes  e caldo de feijão, tudo bem cozidinho e molinho.

No lanche  fruta amassadinha, sem casca, semente ou bagaço.

No segundo bisnaguinha ou as opções do café com geléia diet ou requeijão light
Na janta a mesma sopinha de pedaços.
Na ceia leite desnatado batido com fruta sem casca, ou um iogurte.
Nossa quanta coisa!

Essa dieta eu faço por mais 15 dias e depois passo para uma diferente, mas quando chegar a hora eu coloco aqui.
A Dra. me alertou que preciso comer carne vermelha 3 vezes por semana, vai me fazer bem e não corro o risco de ter anemia, para não deixar de ingerir duas porções de cálcio ao dia e me hidratar bem. Disse que nessa fase a mastigação é fundamental e para comer apenas até me sentir saciada.

Ela me parabenizou pela perda de peso – Perdi 10 kgs em 20 dias! Está ótimo! Fiquei animada e aliviada por saber que já estava na hora mesmo de mudar de dieta!
Veremos como o estomaguinho vai encarar a dieta.

Beijos! Até!

terça-feira, 12 de março de 2013

Jogando a toalha....





Tenho profundo respeito pela equipe médica do qualivida. Mas desobedeci deliberadamente suas recomendações. Esta manhã, durante a caminhada diária me senti muito, muito mal. Comecei a sentir fraqueza, tontura e minha vista por vezes ficou enegrecida. Cheguei em casa fiz o lanche conforme a dieta líquida esperei e nada. Comecei a sentir um frio muito forte. E estamos num calor danado aqui! Eu coloquei uma blusa de lã e me cobri com um edredom dobrado no meio. Ainda assim me sentia com frio, tremia, meu esposo começou a entrar em desespero, mediu minha pressão e temperatura e estava tudo normal.
Eu liguei para a Dra. Irani, que me recomendou ir ao Hospital Santa Cecília.O problema é que eu não tenho carro, não tinha ninguém disponível para me levar e explicando a situação para ela, a Dra. me disse que ia consultar o cirurgião e me ligaria com instruções. Duas horas depois ela me ligou, me dizendo que não tinha jeito eu precisava ir ao hospital, afinal aquele era um sintoma incomum, principalmente por que não estava associado a outros (como diarréia, vômitos, dores, pressão alterada, temperatura alterada).
Não é que eu não quisesse, mas o problema é que não tinha como. Liguei para minha mãe que me lembrou que me senti assim quando esqueci de me alimentar lá no dia 4, eu pulei duas refeições por que me esqueci de comer.
Bem, isso só podia dizer que meu problema era fraqueza. Pura e simplesmente. Mas eu tinha comido tudo certinho, estava bem hidratada.Logo deduzi (e não façam isso em casa) que a dieta líquida estava sendo insuficiente. Eu não sou nem louca de dar um passo adiante sem orientação. A próxima dieta segundo essa equipe médica é a pastosa, tudo amassadinho.
Mas tinha outra alternativa. Na Dix eu passei com a nutricionista,tinha dieta até 45 dias receitada e lá tinha uma dieta após os 15 dias de dieta liquida. A dieta cremosa, com alguns itens sólidos (como bolacha de água e sal) e outros cremosos (como purê), eu fui pelo caminho do meio e aproveitei que o marido estava fazendo um caldo de carne com legumes e bati no liquidificador, coei, e tomei 150 ml de sopa. Adivinhem o que aconteceu. Uma hora depois eu estava sem blusa, sem edredom.
No lanche  da tarde, eu tomei 50 ml de suco de melão e 1 torrada, mastigada até virar água. Demorou uma eternidade para comer, tinha medo, pavor. Mas desceu. E a sensação depois foi a de ter comido um boi.
Sei que não devia, mas não vou me arrepender. Meu limite de dieta líquida foi 16 dias, 150 mls.
Na quarta feira tem nutricionista. E direi a verdade a ela. Que num deu, não teve jeito.
Espero que daqui para frente a fraqueza suma e que eu possa passar os próximos dias me sentindo bem, com minha caminhada em 2 horas dia, andando para cima e para baixo, me movimentando.

domingo, 10 de março de 2013

16 dias...



Cheguei ao dia 16 depois da gastro. Algumas considerações. Não faço a mínima idéia do meu peso. Só vou me pesar na quarta que vem e cada balança do mundo mostra um peso, melhor usar a do qualivida mesmo. Tirei os pontinhos, os rasguinhos já fecharam, o dreno já fechou, estou me sentindo fisicamente bem.

Tenho tentado na medida do possível andar 2 horas por dia. Nisso o Clayton tem sido muito companheiro mesmo. Ele está de férias e mesmo assim topou acordar as 5:00 da manhã para andar comigo na praça aqui perto. Acordamos tão cedo por que o calor do verão ainda está dando as caras por aqui. Andar na praça é bom, por que dá para eu descansar 2 minutos a cada turno de 15 minutos, ou seja nada de tontura! Depois no final da tarde andamos novamente, mais 1 horinha, as crianças vão conosco de bicicleta.

Agora embora eu tenha me comportado no quesito caminhada não posso dizer a mesma coisa no sentido dieta. Calma eu não furei o quesito líquido da dieta, furei foi nos ingredientes do caldo. Até o 10º dia depois da cirurgia eu tinha enjoôs com muitos cheiros. Agora suavizou, tem de ser um cheiro muito forte para me enjoar. Mas se antes era indiferente ao gosto do caldo, eu comecei a salivar por um caldo de peixe. Mas caldinho de peixe é proibido. Segundo a nutricionista a proteína do peixe é muito solúvel.

Sei que não podia, mas eu queria muito, vi muita gente na net que comeu o dito cujo do caldo, inclusive pessoas que operaram com o mesmo médico.Além disso num podia usar caldo industrializado por que tem muita gordura, muito sódio. Mas eu achei um Knorr vitale que é bem levinho e usei também. Fiz o caldinho de merluza e fiquei hiper feliz! Como é gostoso!
Então eu segui levando a dieta liquida mais 4 dias até que me deu uma vontade louca de passar para dieta pastosa a mais ou menos dois dias. Vejo coisas que poderei comer a daqui a algum tempo como purê ralo, legumes cozidos, banana....Aí chega o prato e os 150 ml de “água suja” demoram uma eternidade para descer. Aí o estomaguinho cheio fala mais alto, diz :Nada disso, mal tá descendo esse caldo, como vai descer a dieta pastosa?

Pois é assim que as coisas andam...Esperando a liberação da nutri para comer algo com mais “sustança”. Post looooogo, né?Beijos e até mais!

sábado, 2 de março de 2013

Oito dias

 Eu bebo. Bebo logo cedinho um Ades Zero de maça, 100ml. Bebo de quinze a vinte minutos depois um agua, ou gatorade, ou água de coco.Duas horas depois vem a gelatina, zero também. E depois de duas horas suco coado, e depois de duas horas eu bebo caldos, e depois de duas horas horas bebo suco, e depois eu bebo caldinho, e talvez um chazinho de ervas, no intervalo, águam gatorade, água de coco. Não que eu não curta, mas dá a sensação de que se está de ressaca.
O resultado: 8kg off em 7 dias.
Tô andando 1 hora e meia todo dia. Já estou com um pique até.

Meu cuidador me deu um puxão de orelhas daquele: Por que você num falou do cuidador no blog?

Pronto cuidador, marido e amado, vamos falar do cuidador.

Por mais que sejamos bem dispostos passamos por um procedimento cirurgico. No hospital o papel do marido foi o de acompanhante, chamando a enfermeira quando eu passei mal, vomitei, tive alguma dor ou dúvida.

Em casa ele me ajudou no banho nos primeiros dias. Me ajuda a botar a cinta e a meia anti trombo  (é praticamente impossível colocar e tirar  o instrumento medieval de tortura a ferramenta anti trombose  sozinho).

Vai te ajudar com alimentação, dar uma vigiada para você não fazer gordice, te animar quando você olhar no espelho e constatar que a balança diz uma coisa e seus olhos outra.E acordar as 6 da manhã para caminhar com você na praça mesmo que esteja morrendo de preguiça todo disposto!

O cuidador era para ser minha mamys, mas devido a fratura dela mudou para o marido. Ele tá ralando, por que está cuidando da Laura, da Sofia, da Nana, até da Nick, da casa , de tudo, até do meu mau humor.
Brigada Amor!

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Dia 521 - Retirada do dreno e primeira pesagem

Fui essa manhã ao Qualivida retirar o dreno. Quando subi na balança foi ótimo, 111, 450! Na consulta com a nutricionista dia 14 eu estava com 117,600. No começo desse ano a balança marcava 120,500.
Nesse ano eliminei 9 kilinhos da minha vida, 6,150 só nos últimos dias. Tô feliz mas sei que esse é só o começo da luta, sobram 41 kilos para minha meta.
Tirei o dreno e essa foi uma das sensações mais libertadoras da minha vida. Pude ver outras recém gastroplastizadas e conclui que estou bem, agora preciso ser cuidadosa e não fazer besteira.

Beijos e até o próximo post!

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Dia 516 - Hora da Cirurgia!

Eu fiquei tão calma com a cirurgia que pensei que eu não era eu rs.... Fui me internar na noite do dia 515, calma tranquilidade em pessoa. Nosso plano é apartamento mas como todos os do hospital Santa Cecília estavam ocupados fecharam um quarto da enfermaria para eu e o esposo que foi de acompanhante. Ele até dormiu na caminha de hospital.
De madrugada veio uma enfermeira me falou para tomar um banho as 5 da manhã e ficar pronta para o médico me chamar. Eu acordei as 4:30. O nosso quarto ficava bem embaixo do gerador e dá-lhe barulho! Tomei o banho, botei a camisolinha do hospital e fiquei esperando. Só me buscaram as 8:30 da manhã. Conheci a equipe que ia assitir ao Dr. Abraão, conversamos, fizemos piadinhas, gente legal e animada a do centro cirúrgico, só não vi o Dr. Abraão, ele chegou depois que me anestesiaram.




Acordei grogona. Tudo rodando. uma máscara no rosto com oxigênio. Toda grogue mesmo. Fui para o quarto ainda meio zonza, fiquei mexendo os pés. Depois de umas 4 horas eu quis levantar, tomei um pouco de chá e não consegui arrotar e acabei vomitando. Mas ao contrário de uma sensação ruim foi libertador. Tomei um banho e novamente vomitei a incontinência ajudou e me molhei todinha. Bora me lavar de novo. Depois disso me senti bem. Fiquei acordando de hora em hora para ir no banheiro, dei vários passeios no corredor.
No dia seguinte eu comi gelatina e tomei cházinho, mas com medo só tomei duas colheres de cada vez, mal tomei água.
Ao meio dia o médico passou e me deu alta para as 16:00. Foi um caminho com os buracos mais doloridos da minha vida,kkkk.

Essa sou eu esperando a alta:

 Toda trabalhada na meia anti trombo.

A primeira noite em casa foi difícil. No hospital tudo é feito para ter acessibilidade, a altura das coisas ajuda, tem enfermeira, mas em casa é só vc e sua familia. Maridão teve uma noite agitada, eu senti dor no dreno, acordei de hora em hora, não queria dormir. Me esforcei numa caminhadinha matinal, lá pelas 12horas eu dormi e acordei bem melhor.
Tudo o que eu quero ´é tirar esse dreno, ai sim eu vou me sentir 10!

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Dia 504 - Mamys Chupa essa Manga!


 Roda da Fortuna, roda da fortuna .....

Quando eu disse no post anterior que tudo muda o tempo todo nem imaginava o que estava para acontecer. Dia 10/02/2013 (dia 504) minha mãe me ligou no fim da tarde, ela havia viajado com minhas filhas para a praia, estava em itanhaém e fraturou o joelho quando pulava um daqueles esgotinhos que tem na praia. Ela precisava se submeter a uma cirurgia, mas não tinha previsão.

Durante o resto do dia fiz umas mil ligações para tentar saber como trazer a Mamys para cá, que hospital seria o melhor para operar. No finalzinho da noite decidimos que o melhor seria um transporte particular, conseguir trazê-la para Cotia, meu irmão combinou o transporte. Umas 2 da manhã descemos a serra, chegamos lá nos deparamos com a situação sofrida de mamãe: Perna inchada, calor, num posto sem muitos recursos. Apenas 11 horas da manhã de segunda ela foi transferida para o Hospital de Cotia. Quando chegou aqui fez exames e foi operada. Mais espera. Só foi para o quarto umas 23:00.

Mamys vai ficar bem. Mas vai precisar de cuidados também, 6 meses de molho. Agora está em casa, passei o dia com ela, amanhã volto com as crianças e fico até sabado. E também segunda, terça e quarta durante o dia, na quinta eu interno a noite. Ou seja será corrido.

Tive a vontade de desistir da cirurgia, mas todos insistiram para que eu continue, e tenho fé de que conseguirei.

Hoje é dia 508. Não estou ansiosa, estou cansada.

Mas vamo que vamo.