quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Dia 521 - Retirada do dreno e primeira pesagem

Fui essa manhã ao Qualivida retirar o dreno. Quando subi na balança foi ótimo, 111, 450! Na consulta com a nutricionista dia 14 eu estava com 117,600. No começo desse ano a balança marcava 120,500.
Nesse ano eliminei 9 kilinhos da minha vida, 6,150 só nos últimos dias. Tô feliz mas sei que esse é só o começo da luta, sobram 41 kilos para minha meta.
Tirei o dreno e essa foi uma das sensações mais libertadoras da minha vida. Pude ver outras recém gastroplastizadas e conclui que estou bem, agora preciso ser cuidadosa e não fazer besteira.

Beijos e até o próximo post!

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Dia 516 - Hora da Cirurgia!

Eu fiquei tão calma com a cirurgia que pensei que eu não era eu rs.... Fui me internar na noite do dia 515, calma tranquilidade em pessoa. Nosso plano é apartamento mas como todos os do hospital Santa Cecília estavam ocupados fecharam um quarto da enfermaria para eu e o esposo que foi de acompanhante. Ele até dormiu na caminha de hospital.
De madrugada veio uma enfermeira me falou para tomar um banho as 5 da manhã e ficar pronta para o médico me chamar. Eu acordei as 4:30. O nosso quarto ficava bem embaixo do gerador e dá-lhe barulho! Tomei o banho, botei a camisolinha do hospital e fiquei esperando. Só me buscaram as 8:30 da manhã. Conheci a equipe que ia assitir ao Dr. Abraão, conversamos, fizemos piadinhas, gente legal e animada a do centro cirúrgico, só não vi o Dr. Abraão, ele chegou depois que me anestesiaram.




Acordei grogona. Tudo rodando. uma máscara no rosto com oxigênio. Toda grogue mesmo. Fui para o quarto ainda meio zonza, fiquei mexendo os pés. Depois de umas 4 horas eu quis levantar, tomei um pouco de chá e não consegui arrotar e acabei vomitando. Mas ao contrário de uma sensação ruim foi libertador. Tomei um banho e novamente vomitei a incontinência ajudou e me molhei todinha. Bora me lavar de novo. Depois disso me senti bem. Fiquei acordando de hora em hora para ir no banheiro, dei vários passeios no corredor.
No dia seguinte eu comi gelatina e tomei cházinho, mas com medo só tomei duas colheres de cada vez, mal tomei água.
Ao meio dia o médico passou e me deu alta para as 16:00. Foi um caminho com os buracos mais doloridos da minha vida,kkkk.

Essa sou eu esperando a alta:

 Toda trabalhada na meia anti trombo.

A primeira noite em casa foi difícil. No hospital tudo é feito para ter acessibilidade, a altura das coisas ajuda, tem enfermeira, mas em casa é só vc e sua familia. Maridão teve uma noite agitada, eu senti dor no dreno, acordei de hora em hora, não queria dormir. Me esforcei numa caminhadinha matinal, lá pelas 12horas eu dormi e acordei bem melhor.
Tudo o que eu quero ´é tirar esse dreno, ai sim eu vou me sentir 10!

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Dia 504 - Mamys Chupa essa Manga!


 Roda da Fortuna, roda da fortuna .....

Quando eu disse no post anterior que tudo muda o tempo todo nem imaginava o que estava para acontecer. Dia 10/02/2013 (dia 504) minha mãe me ligou no fim da tarde, ela havia viajado com minhas filhas para a praia, estava em itanhaém e fraturou o joelho quando pulava um daqueles esgotinhos que tem na praia. Ela precisava se submeter a uma cirurgia, mas não tinha previsão.

Durante o resto do dia fiz umas mil ligações para tentar saber como trazer a Mamys para cá, que hospital seria o melhor para operar. No finalzinho da noite decidimos que o melhor seria um transporte particular, conseguir trazê-la para Cotia, meu irmão combinou o transporte. Umas 2 da manhã descemos a serra, chegamos lá nos deparamos com a situação sofrida de mamãe: Perna inchada, calor, num posto sem muitos recursos. Apenas 11 horas da manhã de segunda ela foi transferida para o Hospital de Cotia. Quando chegou aqui fez exames e foi operada. Mais espera. Só foi para o quarto umas 23:00.

Mamys vai ficar bem. Mas vai precisar de cuidados também, 6 meses de molho. Agora está em casa, passei o dia com ela, amanhã volto com as crianças e fico até sabado. E também segunda, terça e quarta durante o dia, na quinta eu interno a noite. Ou seja será corrido.

Tive a vontade de desistir da cirurgia, mas todos insistiram para que eu continue, e tenho fé de que conseguirei.

Hoje é dia 508. Não estou ansiosa, estou cansada.

Mas vamo que vamo.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Dia 500

Eu aprendi com a vida que se comemora quando se atinge uma conquista, não quando está perto. A vida muda o tempo todo, por isso eu não comemoro as coisas efusivamente antes de ter algo concreto. Sexta feira passada eu estava matriculada no horário da tarde na faculdade, onde eu tinha amigos dos quais achei que nunca ia ter coragem de deixar de conviver, e acabei mudando de turma, caindo de paraquedas em outra. Com isso terei de mudar de terapeuta.

Mas o post é sobre o dia 500. Acordei hipercedo, cuidei das crianças e fui para o ponto de ônibus. Coloquei uma música para tocar e fui lembrando de tudo que já aconteceu. Muitas mudanças, dias em que eu não acreditava que o dia da cirurgia ia chegar, dias em que essa dúvida parecia ridícula. No ônibus eu ainda refletia sobre o que ia acontecer na consulta.

Quando eu cheguei lá, procurei uma amiga recém-operada, amiga, conheci no pré-operatório. Ela tinha ido tirar os pontos, o Dr. Abraão primeiro atende ás recém operadas, depois as outras. Fui aguardar em frente á sala de consulta, Dra. Irani entrou, me perguntou se eu tinha trazido os exames. Passou mais uma vez por mim, me pediu para procurá-la depois da consulta, que tinha uma surpresa.
Fui a primeira a ser atendida, me sentei e o médico dispara : "Mas a Sra. já tá com a consulta marcada, dia 22/02? Eu respondi que estava tão surpresa quanto ele. Ele viu meus exames, perguntou o método que eu queria e respondi: SLEEVE!

 Ele elogiou minha escolha, me deu as recomendações da cirurgia e sai de lá toda alegre, com retorno para a nutri semana que vem para pegar a dieta líquida e estarei pronta!

A Dra Irani só não entendeu a minha calma ao procurá-la. Acho que ela pensou que eu ia dançar frevo no qualivida. Mas eu sou daquelas que só comemora o que passou, a cirurgia ainda demora uns dias, eu tenho muito o que fazer, depois, só depois vou comemorar.
Dia 500 perfeito!

O que ainda veio antes do dia 500

   Fiz as palestras, que tinham basicamente o mesmo conteúdo das palestras da dix. A palestra ministrada pelo cirurgião foi sobre os métodos, fiquei feliz demais por que eu que só tinha uma opção de método (Y de Roux - Fobi Capella) tenho agora todos os métodos a disposição(mas prefiro fazer um post com os métodos depois) escolhi pelo sleeve, que já era vontade antiga!

    Passei com a Equipe multidisciplinar, nutricionista (que me deu orientações quanto a regularidade de horários e condimentos apropriados numa dieta antifermentativa), psicólogo, psiquiatra (ambos acreditam que eu não sou lelé), retornei ao endocrinologista com  todos aqueles 38 exames de sangue, fui encaminhada ao cardiologista e....
    E aí que me cozinharam por um mês com a desculpa de que o cardiologista ia para um evento no exterior. E eu aceitei, o que eu ia fazer?

    Só que passados vinte e poucos dias descobri que o homem não só viajou como ain
da atendeu 5 pessoas que eu conheço. Fiquei revoltada, fiz uma reclamação no sac da Intermédica e recebi as desculpas da Dra. Irani.
Passei com o médico ele me pediu mais exames (Teste Ergométrico e Ecocardiograma) eu fiz na correria, mas sabia que não daria tempo de retornar e passar com cardiologista e com o cirurgião e resolvi esperar. Me deu um desânimo de correr atrás um ano inteiro e não conseguir fazer a cirurgia nas férias...

    Chegou 2013 e eu fui entregar os exames, recebi depois de alguns dias a notícia da consulta com o cirurgião! Dia 06 de fevereiro!
Corri num médico perto da minha casa e saí de lá com as guias da Endoscopia e Ultrassom abdominal, liguei em um monte de lugares (por que tinha médico querendo descansar até o carnaval) para marcar os exames.
Agora só faltava mais um pouquinho!

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Dia 345 - Conhecendo a nova equipe médica




A maravilha que é a internet. Junta pessoas que você nunca pensou em conhecer, que estão numa mesma situação, tem os mesmos interesses. Rede sociais eu amo vocês! Entre um monte de Gifs de animais fofinhos sempre tem aquela mensagem que te ajuda, informa e te dá suporte quando você precisa.

Essa introdução é justamente para dizer que novamente (a exemplo dos primeiros dias ainda em tempos de orkut)  a rede  me ajudou a tatear no escuro que eu estava. Conheci um grupo de pessoas que pertenciam ao mesmo plano de saúde, gente tentando emagrecer através de reeducação alimentar e da cirurgia a Galera Qualivida, gente que me recebeu no meu desespero, me acalmaram sobre o médico que eu ia conhecer naquele dia 345.

Para me preparar eu pedi ao plano de saúde antigo  o meu prontuário, uma declaração de comparecimento ás palestras, relatório da minha psicoterapeuta.

E lá fui eu, frio na barriga, saber se o médico ia me deixar seguir adiante ou voltar para o fim da fila dos que pretendem se submeter á gastroplastia.

Cheguei lá um médico educado, calmo que me disse exatamente o que eu queria: Que eu iria continuar de onde parei, adequando o meu processo ao da Intermédica. Passaria em consulta para a liberação de toda a equipe: Nutricionista, psicóloga, psiquiatra, cardiologista e por fim o cirurgião. Além disso, teria de fazer 3 palestras pré operatórias e mais uma com o cirurgião, que em breve a psicóloga da equipe ia entrar em contato comigo, para me passar a agenda de todas essas consultas.

Eu fiquei tão feliz que peguei meus toquinhos de unhas roídas, levei a uma manicure sem medo de ser feliz!



Hoje é dia 495... dia 500 tá quase chegando!