segunda-feira, 25 de março de 2013

30 dias 12kg off

Em 30 dias com meu novo estômago. Alguns dias eu não o tratei como merecia. Hoje mesmo comi rápido demais, enjoei e acabei botando tudo para fora.
Agora estou na dieta branda, que é quase a dieta normal, menos o grão do feijão e salada crua.Como de 3 em 3 horas, quase todo dia acabo deixando comida no prato, ou seja carbohidrato só do café e lanche da tarde.
Essa semana não andei. Choveu horrores e no fim de semana priorizei as atividades do Escola da Família, hoje acordei cedo para ir para escola terminar de fazer decoração de páscoa. Mas...liguei na academia e só me falta liberação médica e din din para eu me matricular!
Percebo que tenho muito o que me reeducar, principalmente quando estiver liberada para comer de Qtudo.
O bom é que me sinto perfeitamente recuperada, nada de dores na barriga, ou pontos não cicatrizados, estou andando bem, nem pareço operda, a não ser pelos 12Kg a menos!
Estou bem feliz! Espero que isso seja só o começo!

domingo, 17 de março de 2013

23 dias de cirurgia

A dieta pastosa é o sonho da pessoa em dieta líquida.  Algo com mais textura, mastigar alguma coisa. Até que você tem um entalo. Ontem no lanche da tarde, último pedacinho da torrada mastiguei direitinho, mas engoli muito rápido. Travou de uma forma que não descia nem subia. Uma dor horrível. Esperei um cinco minutos disfarçando para meu esposo não perceber a situação e fui tentar beber um golinho de água de coco.Não desceu e eu tive de vomitar a água de coco.Depois de uns 10 minutos me senti bem.
Agora quando vejo um pratinho dá um medo graaaaande! E tenho deixado quase sempre comida no prato.
O tempo aqui não está ajudando, chuva chata me atrapalhando as caminhadas. Ontem eu saí e fiquei 10 minutos na rua. Eu estou pensando em dançar 60 minutos de tarde e 60 a noite mas tenho um baita medo de fazer caca. Amanhã eu ligo para Dra. Irani do qualivida e pergunto se o Dr.Abraão libera.
Estou me sentindo bem, sem fraqueza, sem tontura, estou me sentindo 100%. Depois que mudei a dieta me senti normal de novo. Nada de cabeça confusa, me sinto normal.

Tão normal que decidi retomar minha rotina e retornar á faculdade uma semana antes! Estou retomando o crochê também, afinal a grana tá curtinha, curtinha!

Olha a fotinho que tirei essa semana, por favor, não reparem no bigode, preciso mesmo tirar, quem sabe nessa semana não consigo um horário?


Não vejo muita diferença ainda... Mas sinto meu corpo mais leve!
Beijos e até!

quarta-feira, 13 de março de 2013

Consulta com a nutri – 19 dias de cirurgia




Hoje foi dia de conversar com a nutricionista e como eu disse para ela “discutir a relação com a dieta.
Cheguei lá e expliquei para Dra. o que aconteceu, dei detalhes da minha rotina, da minha atividade física. Expliquei em detalhes o que aconteceu na segunda feira e da dieta que eu passei a seguir. Levei também o diário alimentar dos últimos 4 dias.

E para minha surpresa a Dra. disse que eu acertei em mudar a dieta. Que realmente pelo gasto calórico que estou tendo o corpo realmente ia sentir o baque. Adiantou em 11 dias a dieta pastosa, com refeições mais consistentes e sopa em pedaços.

No café 1 fatia de pão de forma(ou uma bisnaguinha, ou 2 bolachas água e sal ,100 ml leite com 1 colherzinha de café ou leite de soja.

Nos lanches da manhã suco de fruta(agora pode de qualquer fruta, desde que coado em peneira fina) e gelatina diet.

No almoço a sopa agora é em pedaços, posso comer um franguinho desfiado, uma carninha moída, pedacinhos de legumes  e caldo de feijão, tudo bem cozidinho e molinho.

No lanche  fruta amassadinha, sem casca, semente ou bagaço.

No segundo bisnaguinha ou as opções do café com geléia diet ou requeijão light
Na janta a mesma sopinha de pedaços.
Na ceia leite desnatado batido com fruta sem casca, ou um iogurte.
Nossa quanta coisa!

Essa dieta eu faço por mais 15 dias e depois passo para uma diferente, mas quando chegar a hora eu coloco aqui.
A Dra. me alertou que preciso comer carne vermelha 3 vezes por semana, vai me fazer bem e não corro o risco de ter anemia, para não deixar de ingerir duas porções de cálcio ao dia e me hidratar bem. Disse que nessa fase a mastigação é fundamental e para comer apenas até me sentir saciada.

Ela me parabenizou pela perda de peso – Perdi 10 kgs em 20 dias! Está ótimo! Fiquei animada e aliviada por saber que já estava na hora mesmo de mudar de dieta!
Veremos como o estomaguinho vai encarar a dieta.

Beijos! Até!

terça-feira, 12 de março de 2013

Jogando a toalha....





Tenho profundo respeito pela equipe médica do qualivida. Mas desobedeci deliberadamente suas recomendações. Esta manhã, durante a caminhada diária me senti muito, muito mal. Comecei a sentir fraqueza, tontura e minha vista por vezes ficou enegrecida. Cheguei em casa fiz o lanche conforme a dieta líquida esperei e nada. Comecei a sentir um frio muito forte. E estamos num calor danado aqui! Eu coloquei uma blusa de lã e me cobri com um edredom dobrado no meio. Ainda assim me sentia com frio, tremia, meu esposo começou a entrar em desespero, mediu minha pressão e temperatura e estava tudo normal.
Eu liguei para a Dra. Irani, que me recomendou ir ao Hospital Santa Cecília.O problema é que eu não tenho carro, não tinha ninguém disponível para me levar e explicando a situação para ela, a Dra. me disse que ia consultar o cirurgião e me ligaria com instruções. Duas horas depois ela me ligou, me dizendo que não tinha jeito eu precisava ir ao hospital, afinal aquele era um sintoma incomum, principalmente por que não estava associado a outros (como diarréia, vômitos, dores, pressão alterada, temperatura alterada).
Não é que eu não quisesse, mas o problema é que não tinha como. Liguei para minha mãe que me lembrou que me senti assim quando esqueci de me alimentar lá no dia 4, eu pulei duas refeições por que me esqueci de comer.
Bem, isso só podia dizer que meu problema era fraqueza. Pura e simplesmente. Mas eu tinha comido tudo certinho, estava bem hidratada.Logo deduzi (e não façam isso em casa) que a dieta líquida estava sendo insuficiente. Eu não sou nem louca de dar um passo adiante sem orientação. A próxima dieta segundo essa equipe médica é a pastosa, tudo amassadinho.
Mas tinha outra alternativa. Na Dix eu passei com a nutricionista,tinha dieta até 45 dias receitada e lá tinha uma dieta após os 15 dias de dieta liquida. A dieta cremosa, com alguns itens sólidos (como bolacha de água e sal) e outros cremosos (como purê), eu fui pelo caminho do meio e aproveitei que o marido estava fazendo um caldo de carne com legumes e bati no liquidificador, coei, e tomei 150 ml de sopa. Adivinhem o que aconteceu. Uma hora depois eu estava sem blusa, sem edredom.
No lanche  da tarde, eu tomei 50 ml de suco de melão e 1 torrada, mastigada até virar água. Demorou uma eternidade para comer, tinha medo, pavor. Mas desceu. E a sensação depois foi a de ter comido um boi.
Sei que não devia, mas não vou me arrepender. Meu limite de dieta líquida foi 16 dias, 150 mls.
Na quarta feira tem nutricionista. E direi a verdade a ela. Que num deu, não teve jeito.
Espero que daqui para frente a fraqueza suma e que eu possa passar os próximos dias me sentindo bem, com minha caminhada em 2 horas dia, andando para cima e para baixo, me movimentando.

domingo, 10 de março de 2013

16 dias...



Cheguei ao dia 16 depois da gastro. Algumas considerações. Não faço a mínima idéia do meu peso. Só vou me pesar na quarta que vem e cada balança do mundo mostra um peso, melhor usar a do qualivida mesmo. Tirei os pontinhos, os rasguinhos já fecharam, o dreno já fechou, estou me sentindo fisicamente bem.

Tenho tentado na medida do possível andar 2 horas por dia. Nisso o Clayton tem sido muito companheiro mesmo. Ele está de férias e mesmo assim topou acordar as 5:00 da manhã para andar comigo na praça aqui perto. Acordamos tão cedo por que o calor do verão ainda está dando as caras por aqui. Andar na praça é bom, por que dá para eu descansar 2 minutos a cada turno de 15 minutos, ou seja nada de tontura! Depois no final da tarde andamos novamente, mais 1 horinha, as crianças vão conosco de bicicleta.

Agora embora eu tenha me comportado no quesito caminhada não posso dizer a mesma coisa no sentido dieta. Calma eu não furei o quesito líquido da dieta, furei foi nos ingredientes do caldo. Até o 10º dia depois da cirurgia eu tinha enjoôs com muitos cheiros. Agora suavizou, tem de ser um cheiro muito forte para me enjoar. Mas se antes era indiferente ao gosto do caldo, eu comecei a salivar por um caldo de peixe. Mas caldinho de peixe é proibido. Segundo a nutricionista a proteína do peixe é muito solúvel.

Sei que não podia, mas eu queria muito, vi muita gente na net que comeu o dito cujo do caldo, inclusive pessoas que operaram com o mesmo médico.Além disso num podia usar caldo industrializado por que tem muita gordura, muito sódio. Mas eu achei um Knorr vitale que é bem levinho e usei também. Fiz o caldinho de merluza e fiquei hiper feliz! Como é gostoso!
Então eu segui levando a dieta liquida mais 4 dias até que me deu uma vontade louca de passar para dieta pastosa a mais ou menos dois dias. Vejo coisas que poderei comer a daqui a algum tempo como purê ralo, legumes cozidos, banana....Aí chega o prato e os 150 ml de “água suja” demoram uma eternidade para descer. Aí o estomaguinho cheio fala mais alto, diz :Nada disso, mal tá descendo esse caldo, como vai descer a dieta pastosa?

Pois é assim que as coisas andam...Esperando a liberação da nutri para comer algo com mais “sustança”. Post looooogo, né?Beijos e até mais!

sábado, 2 de março de 2013

Oito dias

 Eu bebo. Bebo logo cedinho um Ades Zero de maça, 100ml. Bebo de quinze a vinte minutos depois um agua, ou gatorade, ou água de coco.Duas horas depois vem a gelatina, zero também. E depois de duas horas suco coado, e depois de duas horas eu bebo caldos, e depois de duas horas horas bebo suco, e depois eu bebo caldinho, e talvez um chazinho de ervas, no intervalo, águam gatorade, água de coco. Não que eu não curta, mas dá a sensação de que se está de ressaca.
O resultado: 8kg off em 7 dias.
Tô andando 1 hora e meia todo dia. Já estou com um pique até.

Meu cuidador me deu um puxão de orelhas daquele: Por que você num falou do cuidador no blog?

Pronto cuidador, marido e amado, vamos falar do cuidador.

Por mais que sejamos bem dispostos passamos por um procedimento cirurgico. No hospital o papel do marido foi o de acompanhante, chamando a enfermeira quando eu passei mal, vomitei, tive alguma dor ou dúvida.

Em casa ele me ajudou no banho nos primeiros dias. Me ajuda a botar a cinta e a meia anti trombo  (é praticamente impossível colocar e tirar  o instrumento medieval de tortura a ferramenta anti trombose  sozinho).

Vai te ajudar com alimentação, dar uma vigiada para você não fazer gordice, te animar quando você olhar no espelho e constatar que a balança diz uma coisa e seus olhos outra.E acordar as 6 da manhã para caminhar com você na praça mesmo que esteja morrendo de preguiça todo disposto!

O cuidador era para ser minha mamys, mas devido a fratura dela mudou para o marido. Ele tá ralando, por que está cuidando da Laura, da Sofia, da Nana, até da Nick, da casa , de tudo, até do meu mau humor.
Brigada Amor!