sexta-feira, 19 de abril de 2013

Retorno ao cirurgião e nutricionista - 54 dias

  Olá povo, ando sumida por que agora que a vida voltou ao "normal" não tenho mais tanto tempo assim. Mais a semana de provas, que tive uma imensa dificuldade em estudar.

   Na quarta passada, dia 17/04 fui ao qualivida. Primeiro fui á palestra de pós-operatório. Muito bom ter contato com pessoas que operaram a mais tempo. Tinha gente operada desde 40 dias até 3 anos e meio. Quando se tem a oportunidade de conversar com pessoas em diferentes estágios percebe o quanto o psicológico tem a ver com a obesidade.
   Eu tenho tido um tanto de dificuldade em perceber que diminuí. Já se foram 20 kgs, 17,5 graças a cirurgia, agora estou com exatos 100kg. Mas com roupas folgadas, a barriga molenga fica meio difícil ver uma gordinha menos gordinha. Terei de trabalhar isso.
Em seguida passei com a nutricionista que liberou todos os alimentos, menos açucar, leite integral e gorduras e frituras.
Daqui para frente é moderação, mastigar devagar  e muita, muita calma com os quilinhos que não irão tão rápido embora.
 Logo depois passei com o cirurgião, Dr. Abraão, que me perguntou se eu tinha me arrependido da decisão. Claro que eu disse não né! Estou bem feliz com a balança, só não estou tão bem disposta quanto gostaria, muito sono. Ele me receitou Centrum e Ginko Biloba pelos próximos 90 dias. Agora é tomar tentar retomar o pique! Tirei uma foto com ele:

Eu e Dr. Abraão Albuquerque! Todo sorrisos!



Ainda teve mais. A Vivi lá do grupo do Facebook organizou doações de roupas. Quando operamos perdemos roupas e não compensa ficar comprando muito por que perderemos mais roupas. Assim consegui 3 calças, 1 bermuda e duas blusinhas de lã. As calças todas 52, ou seja já diminuí uns 2 números. Ficou mais fácil ver que emagreci!

Olha eu trabalhada na roupa que ganhei:



E aí meninas como estou ficando?

Até!

sábado, 6 de abril de 2013

43 dias de cirurgia 16 kilos perdidos - MASTIGAR É PRECISO

Já passamos uns bons dias da cirurgia. A dieta pastosa veio já se foi. Agora estou na dieta branda, logo ela também acaba e entro na dieta livre. Tenho de dizer que a dieta branda foi bem difícil. O tempo entre as refeições é maior, comemos  bem  pouco ainda e ás vezes o olho é maior que o estômago, e dói é uma luta para continuar tudo no estômago.



A  mastigação é bem importante. Eu passei uns 3 dias vomitando toda refeição que fazia. Nada parava no estômago. Parei para pensar no que estava causando isso e concluí que a causa era pouca mastigação e engulir rápido demais.
Passei a prestar mais atenção e deu supercerto. Nada mais de vômitos ou de me debater com a comida.
Fome eu ainda não sinto, na verdade há dias em que eu tenho um certo enjoô de comida,  é difícil comer pois me dá a impressão de que vou botar tudo  para fora.
Mas como a dieta é mais normal dá vontade de comer algo mais saboroso, tudo que comemos dá uma ou duas garfadas e já acaba a fome, ás vezes dá a impressão que aquilo foi um petisco não a refeição. A sensação de saciedade vem, mas é algo estranho deixar tanta comida no prato!
Amanhã  eu me peso para ver como anda a perda de peso...

Beijso e  até mais!